janeiro 11, 2016

Como o pilates ajuda a prevenir problemas cardíacos

De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), atividades físicas moderadas e regulares, como o pilates, reduzem de 20% a 25% o risco de problemas cardíacos, além de diminuírem a gravidade de deficiências associadas a cardiopatias e outras doenças crônicas. Isso, porque a atividade trabalha corpo e mente, auxiliando o praticante no aumento da capacidade respiratória, ganho de consciência corporal e maior oxigenação sanguínea durante o exercício, aumentando com isso o funcionamento cerebral.

Continue reading »

janeiro 11, 2016

Tire suas dúvidas sobre a anuidade 2016

ANUIDADE 2016

Atenção profissionais fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais do Estado do Maranhão, o CREFITO 16 ( Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 16ª Região) informa que já pode se efetuado o pagamento da anuidade referente a este ano de 2016. Esta entidade autárquica Federal instituída pela Lei 6.316 de 1975 vem a público explanar qualquer dúvida relacionada ao valor da mesma. Leia a seguir:

Continue reading »

janeiro 8, 2016

Tetraplégico, jovem encontrou paz e o amor da sua vida na fisioterapia

Depois do sim, ela saiu empurrando cadeira e ele, segurando o buquê. O corredor da igreja se iluminou com o sorriso dos dois. Frederico encontrou na fisioterapeuta primeiro uma amiga e depois uma esposa. Tetraplégico desde 2008, após fraturar a quinta vértebra num acidente de moto quando foi atingido por um veículo que invadiu a preferencial, o veterinário passou por temporadas de reabilitação. Em 2010, em meio a uma depressão e a vontade de não fazer mais nada, uma amiga trouxe uma profissional para atende-lo em casa. Hoje a fisioterapeuta é madrinha do casamento dele. À época, para substitui-lá quando fosse necessário, ela apresentou a amiga, Maria Alice.

“De vez em quando ela ia em casa, passear, bater papo quando tinha uma janela ou outra. Todo mundo acha que começou ali, mas não, primeiro foi uma amizade mesmo”, explica Frederico Machado Rios, de 34 anos.

Continue reading »

janeiro 7, 2016

O valor da fisioterapia e da terapia ocupacional na melhor idade

Estimativas para os próximos 15 anos indicam que a população idosa poderá exceder 30 milhões de pessoas ao final deste período, chegando a representar quase 13% da população total. É definitivamente um número que chama atenção, e sobre isto, estamos de fato nos preparando? Sendo assim, o cuidado ao grupo de pessoas idosas representa um extraordinário desafio às Políticas Públicas de Saúde, e mais especificamente ao sistema de saúde quanto ao planejamento e gestão de serviços para atender a demanda cada vez mais crescente de pessoas com 60 anos ou mais de idade.

Continue reading »

janeiro 6, 2016

Vídeo com Super Mario mostra a importância da acessibilidade

Amado no mundo todo e admirado por várias gerações, o carismático personagem Super Mario, da Nintendo, trouxe todo um apelo especial e conscientizador agora no começo de 2016. Criado por um canal do Youtube, o vídeo “Not So Super Mario” mostra o querido encanador superando um grave acidente que poderia acontecer dentro do jogo e seus obstáculos. No começo Mario fica desolado, mas logo percebe a importância da acessibilidade. Veja a emocionante gravação abaixo:

janeiro 6, 2016

Estamos bem perto de você!

Atenção caros colegas profissionais do Maranhão

Queremos reforçar que vocês agora podem e devem buscar qualquer informação com o seu próprio Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 16ª Região,  O CREFITO-16. Estamos sempre dispostos a tirar as suas dúvidas e a prestar o melhor serviço possível aos competentes companheiros profissionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. Fale com a gente clicando aqui. Nós vamos adorar receber o seu contato.

recepcionista

 

novembro 18, 2015

Grande vitória de nosso CREFITO16

O CREFITO 16 e sua assessoria jurídica atentando a legislação dos profissionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, solicitou por meio de um parecer a EMSERH, empresa responsável pelo concurso, a correção de seu edital no tocante a carga horária para os profissionais de fisioterapia e terapia ocupacional. No dia de 09 novembro o presidente Fernando Muniz se reuniu com o secretário de saúde Marcos Antônio Barbosa Pacheco, a fim de regularizar a carga horária das categorias de fisioterapia e terapia ocupacional.

A solicitação foi concedida e a carga horária que era de 40 (quarenta) horas passa a ser de 30 (trinta) horas semanais. Dessa maneira os profissionais fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais podem vibrar com essa grande conquista.

 

 

 

novembro 5, 2015

O Futuro da Fisioterapia e Terapia Ocupacional no Maranhão

Evidências científicas e demandas epidemiológicas comprovam hoje a essencialidade dessas profissões no mundo! Não há dúvidas quanto ao desenvolvimento e crescimento da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional no decorrer de suas existências! Faremos nesse ano de 2015, 46 anos de profissões regulamentadas no Brasil, com motivos, de sobra, para parabenizarmo-nos pela história de ascensão e prosperidade! A saúde da população brasileira, em específico a saúde funcional, vem, evolutivamente, recebendo cuidados cada vez mais efetivos e resolutos desses profissionais!

Aqueles que amam ser Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais, o fazem pelo dom primordial de ajudar as pessoas! Prezam pela consistência de suas atuações profissionais, baseando suas práticas na ciência e na ética profissional! Zelam pelo bom nome de suas profissões, demonstrando e promulgando os seus valores! Buscam a valorização profissional, agindo em prol do desenvolvimento quantitativo e qualitativo dessas práticas profissionais! Ganhamos muito, mas há muito ainda a se buscar! Somos merecedores de estarmos no topo da valorização profissional e devemos buscar isso!

Daí vem os questionamentos:
Por que o sistema de saúde pública não contempla a assistência fisioterapêutica e terapêutica ocupacional em sua integralidade?

Por que muitos serviços estão deixando de atender ao sistema de saúde suplementar (planos de saúde)?

Por que essas profissões veem sendo destinadas, em uma proporção muito maior, àqueles com maior poder econômico?

Se não tivéssemos todos esses porquês, certamente não teríamos profissionais desempregados e a exação profissional – práticas eficazes e efetivas baseadas em evidência – seria em uma proporção muito maior! Teríamos integralidade nos sistemas de saúde brasileiro! Teríamos um menor índice de morbimortalidade decorrentes de distúrbios funcionais! Teríamos mais saúde funcional, menos hospitalização e custos decorrentes!

E o que fazer então, a busca de um futuro promissor para essas profissões?

PRIMEIRO: Ser Fisioterapeuta e Ser Terapeuta Ocupacional! Assumir sua profissão com responsabilidade e compromisso! Responsabilidade em atuar de forma segura, eficaz e efetiva, utilizando-se de conhecimento científico atualizado – ESTUDANDO SEMPRE! Compromisso em atuar de forma ética, respeitando o paciente, colegas de profissão, outros profissionais e entidades de classe – primando pelo corporativismo ético em prol da valorização profissional!

SEGUNDO: Acreditar e persistir! Acreditar – DE FATO – no VALOR de sua profissão! Acreditar em sua importância para a saúde da população! Acreditar que vale a pena lutar por essa causa! Que o bem maior é proporcionar mais e melhor assistência fisioterapêutica e terapêutica ocupacional à TODOS que assim precisarem! Persistir na exploração do mercado de trabalho, sendo, sobretudo, empreendedor do seu conhecimento, realizando projetos de inserção profissional em municípios (PSF, etc.), escolas, centros de saúde, hospitais, etc.

TERCEIRO: Unir! Em prol do bem comum! A favor do incremento e da melhoria da assistência à saúde para todos! À busca de uma fisioterapia e terapia ocupacional, e suas respectivas especialidades, com maior padrão de qualidade e segurança! Apoiando todas iniciativas que promovam a sua profissão e respectivas especialidades, sobretudo quando são promovidas pelas nossas entidades de classe (Conselho de profissão, Associações científicas e sindicais) e instituições que promulgam favoravelmente essas profissões – Isto é corporativismo ético!

Ser Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional não é pra qualquer um! Ser Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional é pra quem ACREDITA! Acredita na força de sua profissão! Acredita no seu valor! Por isso, se queremos a justa valorização profissional, devemos antes Ser Fisioterapeuta e Ser Terapeuta Ocupacional! Muito já conquistamos nesses quase 46 anos! E muito mais poderemos conquistar se seguirmos essa premissa do corporativismo ético!

O bom exemplo disso tudo é o que o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO) tem conquistado pelas profissões nos últimos anos.

Agregou valores aproximando e unindo forças com entidades de classe – associações científicas e sindicais, como: a promoção e legalização das especialidades, que possibilitou incrementar o mercado de trabalho aos especialistas; a junção com a FENAFISIO (Federação Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços de Fisioterapia), que possibilitou conquistas como a inclusão do Fisioterapeuta no anexo III do Simples Nacional, Lei sancionada pela Presidenta Dilma em 07/08/2014, entre outras; a conquista frente ao embate da Lei do Ato Médico, mantendo a autonomia do profissional Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional; o Referencial Nacional de Procedimentos Fisioterapêuticos (RNPF) e o Referencial Nacional de Honorários de Terapia Ocupacional (RHTO), quem vem ganhando força na ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), com sua terminologia contemplada na TUSS (Terminologia Unificada da Saúde Suplementar), graças a inserção de representantes na ANS, ao estudo da FGV (Fundação Getúlio Vargas) referente aos custos dos prestadores de serviços de fisioterapia e terapia ocupacional, a Comissão Nacional de Procedimentos e Honorários Fisioterapêuticos e de Terapia Ocupacional, entre outras.

Hoje, sem sombras de dúvidas, temos um sistema COFFITO/CREFITOs, Sindicatos e Associações Científicas mais fortes e em ascensão! Precisamos agora, de nós mesmos! Da nossa crença! Da nossa força! Da nossa UNIÃO! O CREFITO 16 JÁ EXISTE! Sendo ainda um “feto” que está prestes a nascer! De uma gestação muito difícil, desde sua preconcepção até o nascimento! Porém, a depender de nós – dos 18 integrantes do colegiado do CREFITO 16 + milhares de bons profissionais (no contexto ético e técnico) –, teremos um futuro promissor para as profissões de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Maranhão!

Juntos continuaremos crescendo, pelo bem de todos e da saúde da população maranhense! Vamos então ACREDITAR, se ESFORÇAR e PERSISTIR a favor desse futuro! Já dizia Renato Russo em sua linda canção: “Quem acredita sempre alcança”.

Fernando Muniz

novembro 5, 2015

Prazo Para Justificativa de ausência de voto no processo eleitoral do CREFITO 16.

justificativaNaoVotacaoO CREFITO-16 informa a todos os profissionais que prorrogará o prazo Continue reading »

novembro 5, 2015

Diretoria do CREFITO 16 Toma Posse em São Luís do Maranhão

Tomou posse no último dia 06 de agosto de 2015 a primeira diretoria do CREFITO 16 (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – 16ª Região) que atenderá a jurisdição do Estado do Maranhão. A solenidade de posse aconteceu nas instalações do Centro comunitário Nossa Senhoradas Graças, no Bairro da Alemanha, em São Luis, capital do Estado do Maranhão, mesmo local que acolheu o pleito eleitoral no dia 01 de agosto de 2015, para a escolha dos profissionais que serão responsáveis pela condução das profissões de Fisioterapia e Terapia Ocupacional no Estado do Maranhão no período de 2015 a 2019.

CREFITO 16 (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – 16ª Região)

CREFITO 16 (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – 16ª Região)

A escolha do Centro comunitário Nossa Senhora das Graças para o ato solene de posse foi entendido como uma forma de gratidão pelo acolhimento prestado a toda a equipe envolvida no processo, além de aquele local representar um palco constante de lutas e conquistas sociais para a comunidade de seu entorno, aspecto que seguramente guarda laços estreitos com a autarquia recém-constituída na defesa dos interesses dos seus associados e consequentemente, na vigilância do exercício profissional ético, legítimo e de qualidade para Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais, visando atender aos anseios da sociedade maranhense.

Estiveram presentes no ato solene a Dra. Dra. Elineth Braga, representando o COFFITO (Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional), o Dr. Eduardo Carvalho, representando a assessoria jurídica do CREFITO 12 (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – 12ª Região), de onde foi desmembrado o Conselho ora empossado, a presidente do Centro Comunitário Nossa Senhora das Graças, a Sra. Erinalda Macedo, a ex-presidente daquele centro, a Sra. Violeta Castro, além do Dr. André Castro, Conselheiro Municipal de Saúde. O CREFITO 16 tem na sua composiçãoos seguintes profissionais, conselheiros efetivos e suplentes para o quadriênio 2015-2019:

CONSELHEIROS EFETIVOS:

Dr. Fernando Mauro Muniz Ferreira –nº 12487-F; Dra. Ângela Maria Cecim de Souza Castro Lima – nº 4830-TO; Dra. Márcia de Souza Rodrigues – nº 4850-TO;Dra. Letícia Fröhlich Padilha – nº 204706-F; Dr. Abidiel Pereira Dias – nº 12484-F; Dra. Louise Aline Romão Gondim – nº 40606-F; Dra. Natália Fernanda Gaspar de Almeida– nº 152492-F; Dra. Sandra Maria de Medeiros – nº 3736-TO;

CONSELHEIROS SUPLENTES

Dra. Alessandra Gomes Mesquita – nº 68908-F; Dra. Ana Eugênia Ribeiro de Araújo e Araújo – nº 10104-TO; Dr. Carlos Eduardo Pereira de Souza – nº 105709-F; Dr. Gustavo Emmanuel Costa – nº 84991-F; Dr. Gustavo de Jesus Pires da Silva – nº 79082-F; Dr. José Antônio Santos – nº 10114-TO; Dra. Liana de Moraes Rego Petinelli – nº 174366-F; Dra. Panmela Christian Reis Cordeiro – nº 157896-F; Dra. Precila Martins Almeida – nº 11307-TO.

Logo após a assinatura do termo de posse, ocorreu a primeira sessão plenária do egrégio conselho, ocasião em que de forma democrática e sob os ditames das normas legais, foi escolhida a Diretoria, recaindo a Presidência do Conselho sob a responsabilidade do Dr. Fernando Mauro Muniz Ferreira, nome de grande respaldo na Fisioterapia do Estado do Maranhão, contabilizando mais de duas décadas de luta sem tréguas para o seu engrandecimento.

A Vice-presidência ficou a cargo da Dra. Ângela Maria Cecim de Sousa Castro Lima, Terapeuta Ocupacional de vanguarda nas conquistas desta categoria na nossa região, batalhadora incansável, com larga experiência em defesa dos interesses da classe. A Dra. Marcia de Sousa Rodrigues, Terapeuta Ocupacional foi indicada para Diretora tesoureira, função a que dedicará toda a sua experiência de gestora pública. À Dra. Letícia Fröhlich Padilha coube a função de Diretora secretária, cargo que oportunizará a esta competente profissional, grande contribuição para o desenvolvimento harmônico e coerente das atribuições que lhe foram confiadas.

Toda a solenidade ocorreu em uma atmosfera de muita gratidão e comprometimento, onde todos os conselheiros se comprometeram a envidar esforços no sentido de bem representar a Fisioterapia e a Terapia Ocupacional no Estado do Maranhão.

1 106 107 108